Trocador de Calor Casco e Tubo para Indústria Farmacêutica: Aplicações, Vantagens e mais

Publicado originalmente em 20/03/2018 em Solution Controles

Trocadores eficientes e em conformidade com a norma ASME BPE

No início deste mês falamos aqui sobre as vantagens do Trocador de Calor Casco e Tubo para aplicações Alimentícias. Já falamos também aqui no blog sobre a eficiência e confiabilidade dos Tubos Corrugados em relação à Drenagem, Rugosidade e Esterilidade de acordo com a Norma ASME BPE.

Na prática, a corrugação dos tubos, produzidas a partir do efeito de pressão na superfície externa dos tubos, resulta em uma pequena mudança na superfície interna que possibilita um fluxo turbulento, com maior agitação e mistura. Este fluxo turbulento melhora o coeficiente de transferência de calor total, oferecendo maior troca térmica do que os trocadores com tubos de paredes lisas (smooth), permitindo um maior tempo de troca térmica (run time) e oferecendo um processo de alto limpeza interna que minimiza incrustações.

Diferenciação do fluxo turbulento e o do fluxo linear nos tubos

Nós da Solution Controles, juntamente à fabricante europeia XLG, trazemos uma solução também para o setor Farmacêutico e de Biotecnologia, confira abaixo:


Farmacêutico e Biotecnologia

Com os Trocadores de Calor de Tubo Corrugado, o tratamento térmico acontece de forma mais rápida pois o coeficiente de transferência de calor é significantemente maior, sendo necessário menos tempo para alcançar o resultado desejado.

Os equipamentos são produzidos conforme c-GMP (Boas práticas de fabricação) importas pela FDA e seus tubos expandidos e soldados respeitam à Norma ASME BPE. Permitem utilização em processos de Água de Injetáveis (WFI), Água Purificada (PW) e outros líquidos com baixa e alta viscosidade.

Pode também ser utilizados para condensação de vapor, refrigeração de exaustão de motores de combustão interna, caldeiras, turbina à gás, para aquecedores de solução CIP e de óleo térmico, tratamento de óleo de algodão e outros óleos minerais, ácidos graxos, misturas de hexano/óleo, solventes, diversos polímeros, essências de perfumes, extratos vegetais, emulsões cosméticas entre outros.

Veja abaixo mais informações sobre o modelo Multitubular Pharmagrade:

Trocador de Calor Casco e Tubo Pharmagrade

Ideal para aplicações em indústrias Farmacêuticas e de Biotecnologia devido ao tubo de alta qualidade, pode ser projetado com feixes totalmente soldados ou removíveis, possui rugosidade superficial adaptada à natureza do processo. Permite que os fluídos mantenham-se completamente isolados e possuem acabamento polido ou eletropolido (contato com o fluído sendo ≤0,25 ~ ≤0,8).

São fabricadas de acordo com as disposições estabelecidas pela US Food and Drug Administration para sistemas de água de alta pureza (Boas Práticas de Fabricação Atuais para Sistemas de Água de Alta Pureza). Além de estarem de acordo com os regulamentos de marcação CE contidos na Diretiva de Pressão Européia (97/23 / CE).


Veja abaixo outras aplicações:

Água Quente Sanitária

Os Tubos Corrugados do Trocador de Calor possuem alta resistência mecânica e um ótimo desempenho térmico sendo ideal para produção instantânea de água quente sanitária em grande volume.

Aplicações ecológicas

Os Trocadores de Calor com Tubo Corrugado são eficientes em aplicações que envolvem o controle ambiental pois  permitem uma otimização da transferência de calor, tornando possível um equipamento menor, reduzindo investimentos financeiros, de material e espaço. Outro benefício está no baixo índice de incrustação devido ao efeito de auto limpeza dos tubos.

Pode ser aplicado em processos com águas residuais em indústrias de papel, têxteis, alimentícias, plantas de dessalinização entre outros.

Aplicações Industriais diversas

Devido sua construção, os Trocadores de Calor possuem alta resistência mecânica, tornando-os ideais para processos de condensação de vapor, refrigeração de exaustão de motores de combustão interna, caldeiras, aquecedores de soluções CIP e de óleo térmico, tratamento de óleo de algodão e mineral, ácidos graxos, misturas de hexano/óleo, sistemas de pintura da indústria automotiva, solventes, látex, tintas, estireno, isopropanol, etileno, poliuretano, ácido sulfúrico, acetona, tolueno, metanol, sulfetos, acetato, nafta, betume, monóxido de carbono, gás natural, vários polímeros, combustíveis, extratos vegetais, emulsões cosméticas, resinas epóxi entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *